Remédios Naturais para Tratar impotência sexual !

 



O que e Disfunção erétil ou importância sexual ?



 A disfunção erétil de causa orgânica é reflexo de uma situação acumulativa", explica Bissonho.Todas as idades Conforme o médico, em homens mais jovens, a partir de 18 anos, é mais comum a doença ser causada em função de distúrbios psicológicos como depressão, estresse elevado e autoestima baixa. O médico aponta uma forma de identificar mais facilmente se a origem do problema é orgânica ou psicogênica. É comum o homem ter ereção involuntária durante a noite devido ao acúmulo de urina. Quando isso para de acontecer, pode ser um indicador de que a causa da doença é orgânica. "Mas se isso ocorre e mesmo assim o paciente tem disfunção erétil, é um sinal de que o problema não é no pênis em si. O sistema está preservado. O problema é no comando", orienta. O tratamento será de acordo com a origem da disfunção erétil. Ele adianta, entretanto, que é necessário mudar velhos hábitos alimentares e fazer atividade física. No caso orgânico, principalmente, o paciente recebe medicações via oral, o mais conhecido é o comprimido Viagra. Se o problema for mais sério, pode ser preciso aplicar injeções no pênis. Nenhum dos dois tratamentos anteriores, porém, resulta na cura. Somente uma cirurgia pode curar a disfunção erétil em definitivo. “É colocada uma prótese peniana e o homem passa a ter ereção 100% do tempo", resume.Problema tem causas psicológicas e orgânicasMotivos psicológicos Para a psicóloga Marcela Clementino, também do Hapvida, é preciso respeitar a particularidade de cada paciente. Quando os pacientes apresentam disfunção, é realizada uma avaliação psicológica, por meio de entrevistas, para verificar e investigar as causas do problema. Ela concorda que o engajamento do parceiro(a) é fundamental para a recuperação do homem, sobretudo se a causa da disfunção for psicológica. "Essas entrevistas são com o homem e também com a parceira (o). Ela (o) é parte integrante do processo". A psicóloga acredita que, até nos casos de origem orgânica, é imprescindível trabalhar a parte psicológica do paciente. "Ele fica inseguro, com medo, perde autoestima e a confiança. Paralelo ao que os exames fisiológicos apontarem, será preciso realizar a psicoterapia para o problema não se manifestar pelos dois lados", indica. O psicológico das companheiras (os) também deve ser acompanhado. "Muitas vezes a companheira (o) acreditam que o problema está neles (as), daí a necessidade de o trabalho ser conjunto com o casal", explica Marcela. Para a psicóloga, aos poucos, preconceitos relacionados ao sexo estão sendo derrubados, sobretudo no universo masculino. "As questões sexuais tendem a ser um tabu. É importante termos iniciativas como o 'Novembro Azul' para que os homens saibam que existem profissionais e métodos para cuidar de problemas como esse

Remédios Naturais  para Tratar  impotência sexual !




Como Tratar impotência sexual Com Remédios Naturais 


1 - Chá de alho 

Chá de alho



Chá de limão e alho é remédio santo. Beber chá é um hábito para muita gente. Muitas pessoas, presumem que qualquer bebida que resulte do tratamento de folhas de plantas com água quente é chá. Porém, o mais correto seja identificar como chá o chá preto, o chá branco, o chá verde e o chá oolong (ou chá vermelho). São bebidas que provêm exclusivamente da planta camellia sinensis, originária da China, embora atualmente seja também cultivada em países tropicais e subtropicais. Os chás contêm teína, uma substância estimulante que é semelhante à cafeína.
Assim como o chá de alho com limão, a combinação do alho e gengibre também é uma boa opção na hora de preparar um chá. As propriedades anti-inflamatórias e analgésicas do gengibre ajudam a intensificar os benefícios proporcionados pelo alho, além de promover um sabor diferenciado à bebida. Para preparar a bebida, basta seguir o passo a passo:
Chá de limão e alho é remédio santo. Tome nota! Um chá feito com ingredientes comuns que pode revelar-se bastante vantajoso para a saúde! 


2 - Suco de Melancia 

Suco de Melancia



Suco de melancia pode auxiliar na fadiga muscular Resumo O exercício intenso pode causar dano muscular agudo e subsequente fadiga muscular, além de dor que pode durar até vários dias  Estudos recentes indicam que os sucos naturais sem adição de açúcar e contendo compostos bioativos, como o suco de melancia, podem ser usados como recurso ergogênico  O exercício pode causar dano muscular agudo e subsequente fadiga muscular, além de dor que pode durar até vários dias. Em alta intensidade, o exercício aumenta o índice de glicose, aumenta os níveis sanguíneos de lactato e amônia, sendo esta última um subproduto do catabolismo muscular (proteína) que contribui para a sensação de fadiga. Os atletas geralmente utilizam recursos ergogênicos para lidar com a fadiga e melhorar a performance durante o exercício. Os sucos naturais sem adição de açúcar e contendo compostos bioativos são de interesse da indústria de sucos como possíveis recursos ergogênicos. Um recente estudo realizado na Espanha demonstrou que a suplementação com suco de melancia enriquecido com L-citrulina (3,3 g/200 ml) e elagitaninas de romã (22 mg/200 ml) teve efeito benéfico na performance de 19 homens jovens durante o exercício. O suco de melancia naturalmente contém L-citrulina (0,5 g/200 ml). A L-citrulina é um aminoácido não essencial que pode reduzir o acúmulo de ácido láctico no sangue e aumenta comprovadamente a resistência durante o exercício. A L-citrulina também é um componente importante no ciclo da ureia no fígado, que é responsável pela desintoxicação da amônia em ureia. Adicionalmente, a L-citrulina é precursora da arginina, um aminoácido que pode ser convertido em óxido nítrico, um potente vasodilatador capaz de auxiliar no aumento do fluxo sanguíneo e da performance durante o exercício. O estudo teve um desenho duplo cego, randomizado, controlado por placebo e cruzado, de forma que todos os sujeitos receberam todos os quatro tratamentos: placebo, somente suco de melancia, melancia com adição de 3,3 g/200 ml de L-citrulina e suco de melancia com 3,3 g/200 ml de L-citrulina e 22 mg/200 ml de elagitaninas de romã. Um teste de exercício de alta intensidade e exercícios isométricos foram realizados a cada 7 dias para haver tempo de recuperação suficiente entre os testes. Uma dose de 200 ml das várias bebidas de tratamento foi consumida uma hora antes do teste de exercício.   Os pesquisadores testaram o pico de torque dos músculos extensores do joelho em um exercício isocinético depois que os sujeitos realizaram exercício intenso e observaram um aumento na força média de pico após o consumo de suco de melancia com adição de L-citrulina. Foi avaliado o pico de torque inferior (5 vezes) depois que os participantes consumiram suco de melancia mais citrulina e elagitaninas e comparado com o placebo (-52 versus -10,4 N•m). Além dessas medições objetivas de performance durante o exercício, os sujeitos também classificaram sua percepção de exaustão e o nível de dor muscular até 48 horas após o exercício. A percepção de exaustão e a dor muscular após o exercício foram menores após o tratamento com a bebida com adição apenas de citrulina e com adição de citrulina mais elagitaninas do que após o consumo de placebo. Os achados desse pequeno estudo são encorajadores, mas ainda há necessidade de realizá-lo com mulheres e pessoas idosas.


3 - Suco de Romã 



Suco de Romã



Suco de romã Luciano Maringá, PR Encontrei umas romãs muito bonitas na fruteira perto de casa e decidi que daria um ótimo suco energizante. 15 minutos Ingredientes 1 litro 2 romãs médias 700 ml água A gosto Açúcar - opcional Passo a passo Corte a romã ao meio Com as mãos solte um pouco as sementes rasgando a casca da romã Usando uma colher de pau bata na parte da casca da romã em cima de um recipiente até que quase todas as sementes tenham caído. Provavelmente ainda sobrarão algumas sementes grudadas na casca, usando as mãos termine de removê-las. Coloque todas as sementes no liquidificador junto com a água. Bata as sementes com a água por cerca de 1 minuto até que fique bem homogêneo. Passe tudo o conteúdo aos poucos por uma peneira bem fina e com a ajuda de uma colher esprema bem a mistura até extrair todo o suco. Prove o suco e adicione açúcar caso goste de um suco mais doce e saboroso


4 - Chá de Marapoama 





A marapuama serve para inúmeros problemas. Seus compostos nutritivos são importantes para prevenção de doenças e para os combates de outras. Não à toa, os povos oriundos das regiões nativas da planta utilizam para conter moléstias ligadas ao intestino, combater TPM e inchaços abdominais. A planta contém inúmeros benefícios, dentre eles podem ser destacar o aumento de energia, uma boa circulação do sangue, anti-estresse e diminui a ansiedade. Os nativos da região utilizam também essa planta para o aumento de libido e contra a impotência sexual. Estudos têm mostrados seus efeitos benéficos para o sistema nervoso e para o emagrecimento. O aumento da libido, como mencionado, também é um motivo pelo qual as pessoas buscam conhecer mais a planta. Além de que pode ajudar em problemas ligado à disfunção erétil, ejaculação precoce. Os estudos recentes buscam compreender como a planta funciona no sistema nervoso, pois suas substâncias estão ligadas a uma melhoria no estresse e melhora das células neuromotoras.Melhora a circulação sanguínea Sua composição ajuda na melhoria da anemia e tem uma melhora da circulação sanguínea. Estudos têm verificado sua eficácia na ativação da circulação, principalmente na área pélvica, o que contribui para uma melhoria de dores na região. Os ativos presentes na planta, como ácidos e alcalóides, têm contribuído para esse efeito de uma melhor circulação sanguínea. Isso promove uma melhoria na qualidade de vida de pessoas com problemas de circulação e fadiga.Trata doenças Alguns efeitos da planta estão ligados com o tratamento de doenças reumáticas e disfunção erétil. Como seus compostos ajudam a evitar sintomas da TPM, promove uma circulação melhor da pelve e alivia cólicas menstruais. O uso do chá das raízes da planta é utilizado por nativos para esses fins, principalmente. Acredita-se que essas são as duas partes da planta que mais apresenta características e nutrientes.Combate ao estresse e fadiga Como algumas substâncias presentes atuam no sistema nervoso, é indicado também para a melhoria dos sintomas como o estresse e fadiga. Alguns sintomas do estresse podem ser reduzidos, inclusive. Por combater ativamente o estresse do corpo e melhorar esses sintomas, ela auxilia o organismo ao diminuir a queda de cabelo. Não somente esse sintoma, mas alguns outros estão em estudo, visto que existem inúmeros benefícios ligados a sua propriedade antiestresse. Acredita-se também no seu potencial de melhoria de sintomas depressivos, o que tem chamado atenção de pesquisadores cada vez mais. Como as células nervosas são ativadas ainda há pesquisas para a verificação. Afrodisíaco Um dos mais comuns motivos para consumir produtos à base de marapuama é o poder afrodisíaco. Acredita-se que esse poder se dá ao fato de melhorar o estresse e a circulação sanguínea, além de aliviar dores intestinais. Estudos mostram como a sua composição ativa o sistema nervoso e promove um alívio de problemas citados anteriormente, o que contribui para a sua propriedade afrodisíaca. Além da disposição que o suplemento pode dar.Disfunções intestinais Como já dito no artigo, o combate de problemas intestinais é promovido pela erva medicinal. Isso pode ser levado em conta a melhoria de diarreias pela ativação da circulação pélvica e seus compostos anti-inflamatórios previne contra tais doenças. ​Muitos acreditam no potencial de ativação da circulação nessa região, que estimula assim o sistema digestório. A melhoria pode ser dar através da prevenção ou combate de doenças nesta região.Melhora a memória Os estudos que ainda estão em desenvolvimento mostram que as substâncias das raízes e casca atua diretamente no sistema nervoso e pode até combater algumas doenças nervosas. Uma das doenças que está sob estudo é a doença de Parkinson. Consequentemente, tem se mostrado interesse na melhoria da memória por atuar ativamente em células nervosas do encéfalo. Alguns ativos da planta excita o cérebro, o que promove esse efeito. Evita até a perda de memória, segundo alguns artigos científicos.Emagrecedor Outros estudos têm mostrado a eficácia da planta para ajudar no emagrecimento. Como é um composto que ativa a circulação sanguínea e combate sintomas de fadiga e indisposição, o organismo se vê com as funcionalidades mais ativas e isso pode contribuir para potencializar o processo de emagrecimento. Estudiosos mostram também o grande potencial de compostos da planta diminuir alguns sintomas da anorexia, entretanto deve ser analisado por um profissional. Porém, o cuidado deve ser dobrado, pois há substâncias vendidas em locais não confiáveis que acabam por misturar esse composto com outros emagrecedores. Isso pode ser danoso para o corpo e por isso é importante consultar o médico antes de iniciar esse tratamento.Combate ao inchaço e reumatismo O combate ao inchaço se dá a partir do uso de alguns substratos da planta. Devido a ativação da digestão e do metabolismo pertencente a região pélvica, verificou-se uma redução do inchaço. Além disso, o extrato pode promover a melhoria de quadros de reumatismo e até mesmo a prevenção dessa moléstia. Alguns compostos são utilizados no tratamento dessas doenças. Vale lembrar que por combater o inchaço, ela também ameniza as celulites.Aumento da libido Devido a promoção do aumento de circulação, diminuição de estresse e consequentemente ativação do organismo, ocorreram casos de aumento da libido. Até mesmo por conta da melhor circulação na região pélvica, promovido por alguns compostos pertencentes a marapuama. Por conta de alguns alcalóides que ativa o sistema nervoso e causam excitação de células, o aumento da libido pode sim ser possível. Nativos sempre utilizaram com esse fim, além de melhorias da frigidez e impotência sexual. ​Facilita o metabolismo de células neuromotoras Os estudos recentes trazem uma nova melhoria como uso da planta medicinal: o melhor desenvolvimento de células neuromotoras. Existem artigos de alguns países europeus que comprovam alguns benefícios no tratamento de paralisias parciais. ​A doença de Parkinson poderá ser prevenida e também alguns sintomas poderão ser tratados com compostos presentes nesta planta. Os estudos são favoráveis para a utilização no caso dessas doenças neurais.

5 - Chá Canela em pó 

Chá Canela em pó



Uma forma popular de aproveitar os benefícios da canela é usar como tempero em carne, peixe, frango e até tofu. Para isso basta moer, 2 estrelas de anis, 1 colher de chá de pimenta, 1 colher de chá de sal grosso e 2 colheres de chá de canela.  Guarde o tempero na geladeira e ele fica pronto a usar em qualquer ocasião.
Todos esses benefícios da canela são devido ao fato da canela ser rica em mucilagem, cumarina e tanino, o que lhe confere propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, antibacterianas, antivirais, antifúngicas, antiespasmódicas, anestésicas e probióticas. Para obter todos os benefícios da canela para a saúde basta consumir 1 colher de chá por dia.
O chá de canela é bem conhecido por muita gente que aprecia uma bebida quente e de sabor mais intenso. Ele pode ser feito tanto com a infusão de sachês, vendidos em caixinhas, quanto com os paus de canela.
Quem faz uso de medicamentos deve ter cuidado com a canela e consultar um(a) médico(a) antes de consumir chá de canela. Segundo pesquisas, a cumarina presente na especiaria pode interagir com remédios como aspirina, ibuprofeno e anticoagulantes.
RECEITAS DO DIA Arroz MarroquinoIngredientes 2 xícaras de chá de arroz parboilizado De 1 a 2 peitos de frango cozidos com água, sal e uma folha de louro 2 cebolas médias picadas ½ colher de café de canela em pó Sal Óleo 1 colher de sopa de manteigaModo de preparo Frite a cebola até ficar bem dourada (cuidado para não queimar, senão amarga). Depois de fria, coloque no liquidificador e bata com 1 e ½ copo de água. Coloque o arroz em uma panela, despeje essa mistura da cebola, com a manteiga, a canela, o sal a gosto e a água do frango. Deixe secar a água e se for preciso acrescente mais até o cozimento final. Sirva com lascas de frango e salpique com lâminas de amêndoas torradas.
Também evita os estrgos da idade quanto se toma regularmente. Misture quatro colheradas de mel, uma colherada de canela e três xícaras de água. Ferva para fazer um chá com estes ingredientes e beba 1/4 de xícara, três ou quatro vezes ao dia. Mantém a pele fesca e suave e diminui os sintomas da idade avançada. Beber este chá, alonga a vida e até uma pessoa de 100 anos pode melhorar e se sentir como alguem muito mais jovem.
De forma geral, o uso da canela em pequenas quantidades é seguro. Os efeitos colaterais da canela podem ser observados quando é consumida a espécie Cinnamomum cassia em muita quantidade, pois contém cumarina e pode desencadear alergias e irritação na pele, hipoglicemia e dano hepático em pessoas com doenças graves do fígado.
A mistura de Mel e Canela em pó cura a maioria das doenças. O mel é produzido em quase todos os países do mundo. Apesar de ser doce, a ciência demonstrou que tomando em doses normais como medicamento, o mel não faz mal aos diabéticos. A revista "WEEKLY WORLD NEW", do Canadá, na sua edição de 17 de janeiro de 1995, publicou uma lista de doenças que são curadas pelo mel com canela. O leitor Moacir Sozo mandou a relação que vai publicada agora:
Faça uma pasta de mel com canela. Coloque no pão e coma-o regularmente no café da manha no lugar da manteiga e geléia. Reduz o colesterol nas artérias e previne problemas no coração.Também previne novos enfartos nas pessoas que ja tiveram um antes. O uso regular deste processo diminui a falta de ar e fortalece as batidas do coração. Nos Estados Unidos e Canadá, se utiliza esta pasta continuamente nos asilos, onde descobriu-se que o mel com canela revitaliza as artérias e veias dos pacientes idosos e as limpa.


6 - chá  de tribulus 

chá  de tribulus



Você sabia que existem ervas daninhas que podem ser benéficas para o organismo? O tribulus terrestris, para quem não conhece, é uma erva rasteira (também considerada uma planta medicinal) que ajuda no controle da pressão arterial e é muito usada para aumentar a libido. Em diferentes países da Europa, inclusive, ela é muito utilizada como estimulante sexual. Quer aprender mais sobre essa planta e seus benefícios? É só continuar lendo! Afinal, para que serve o tribulus terrestris e como usá-lo no dia a dia? Muito presente nos países do sul da Europa e da Ásia, o tribulus terrestris é uma erva medicinal muito usada pela indústria farmacêutica no preparo de suplementos. Ela serve principalmente para auxiliar no controle de hormônios (principalmente os sexuais) e pode ser uma grande aliada para tratar impotência sexual. Além disso, ela é fonte de flavonoides e fitoesteróis (como as saponinas e quercetinas), tem ação anti-inflamatória e anticâncer. Vale destacar, no entanto, que essa erva deve ser consumida (por meio de cápsulas ou extratos) apenas com indicação médica. Não é indicado, por exemplo, preparar chá através de suas folhas. Confira os principais benefícios do tribulus terrestris: 1. Planta ajuda a aumentar a libido O grande diferencial do tribulus terrestris é que ele tem uma forte ação afrodisíaca, atuando como estimulante sexual tanto para homens quanto mulheres. Por isso, inclusive, ela é muito indicada para auxiliar em problemas como a impotência sexual. 2. Tem ação antioxidante, anti-inflamatória e ajuda no controle hormonal Outro importante benefício dessa erva rasteira é apresentar ação antioxidante e anti-inflamatória no organismo - ou seja, ajuda a melhorar a imunidade e a saúde da pele e dos cabelos. Além disso, o tribulus terrestris contribui para o controle dos hormônios - tanto os sexuais quanto a insulina, por exemplo. 3. Melhora a fertilidade em homens e mulheres Além de ajudar a aumentar a libido, essa erva medicinal também ajuda a aumentar a fertilidade e, por isso, pode ser útil para casais que querem engravidar. Isso porque ela estimula o processo de ovulação em mulheres e a espermatogênese (processo de produção dos espermatozoides) em homens. 4. Pode ajudar no ganho de massa muscular Por estimular bastante os hormônios sexuais, o tribulus terrestris também contribui para o processo de ganho de massa muscular. Vale destacar que a testosterona, por exemplo, cumpre importante função no desenvolvimento dos músculos masculinos. 5. Ajuda a diminuir a pressão arterial Você sabia que o tribulus terrestris também pode ser útil para o controle da pressão arterial? Isso porque ele contém uma substância chamada protodioscina que aumenta a liberação de óxido nítrico - substância que tem efeito vasodilatador. Por isso, o suplemento dessa erva pode ser útil para quem tem hipertensão.
Muito presente nos países do sul da Europa e da Ásia, o tribulus terrestris é uma erva medicinal muito usada pela indústria farmacêutica no preparo de suplementos. Ela serve principalmente para auxiliar no controle de hormônios (principalmente os sexuais) e pode ser uma grande aliada para tratar impotência sexual. Além disso, ela é fonte de flavonoides e fitoesteróis (como as saponinas e quercetinas), tem ação anti-inflamatória e anticâncer. Vale destacar, no entanto, que essa erva deve ser consumida (por meio de cápsulas ou extratos) apenas com indicação médica. Não é indicado, por exemplo, preparar chá através de suas folhas. Confira os principais benefícios do tribulus terrestris:

Tratar  impotência sexual !



7 - calda de Guaraná Mel e gengibre 


Um poderoso energético para impotência Sexual  
Um bom xarope para tosse seca é o de cenoura e o de orégano, porque estes ingredientes possuem propriedades que diminuem o reflexo da tosse, naturalmente. Entretanto, é importante saber o que está causando a tosse, porque ela pode ter diversas causas, que devem ser investigadas pelo médico.A tosse seca persistente geralmente é causada por uma alergia respiratória e por isso deve-se manter a casa devidamente limpa, sem poeira e evitar permanecer em locais empoeirados, assim como evitar ficar perto de pessoas que fumam. Uma boa dica para se fazer após limpar a casa é colocar um balde com água no quarto para que o ar fique menos seco. Veja mais sobre as possíveis causas de tosse seca e como tratar.1. Xarope de cenoura e mel Um bom xarope caseiro para tosse seca alérgica é o xarope de cenoura com mel devido as suas propriedades antitússicas.Ingredientes1 xícara de mel;2 cenouras descascadas médias.Modo de preparoPassar a cenoura pelo liquidificador, juntar este suco ao mel e, em seguida, levar ao fogo baixo até engrossar e depois guardar num recipiente de vidro devidamente tampado. Tomar 1 colher deste xarope de 3 a 4 vezes ao dia.2. Xarope de orégano e mel Um outro bom xarope caseiro para tosse seca é o de mel com orégano porque ele possui propriedades antitússicas que ajudam a acalmar a tosse.Ingredientes1 colher de sopa de mel;1 colher de café de orégano.Modo de preparoMisturar os ingredientes num recipiente de vidro e aquecer por alguns instantes no microondas. Quando estiver morno, tomar o xarope a seguir. Deve-se tomar este xarope de 2 a 3 vezes ao dia. Confira mais outros benefícios do orégano.3. Xarope de ervasO tomilho, a raiz de alcaçuz e as sementes de anis ajudam a relaxar o trato respiratório e o mel diminui a irritação na garganta.Ingredientes500 mL de água;1 colher de sopa de sementes de anis;1 colher de sopa de raiz de alcaçuz seca;1 colher de sopa de tomilho seco;250 mL de mel.Modo de preparoFerver as sementes de anis e a raiz de alcaçuz na água, numa panela tapada, cerca de 15 minutos. Retirar do fogão, juntar o tomilho, tapar e deixar em infusão até esfriar. Por fim basta coar e juntar o mel. Pode-se conservar num frasco de vidro, na geladeira, durante 3 meses.4. Xarope de gengibre e guaco O gengibre é um produto natural com ação anti-inflamatória, recomendado para reduzir a irritação na gargante e nos pulmões, aliviando a tosse seca.Ingredientes250 mL de água;1 colher (de sopa) de limão espremido;1 colher de sopa de gengibre fresco moído;1 colher (de sopa) de mel;2 folhas de guaco.Modo de preparoFerver a água e depois colocar o gengibre, deixar descansar por 15 minutos. Em seguida, coar a água se tiver com gengibre fatiado e acrescentar o mel, o suco de limão e o guaco, misturando tudo até ficar com consistência viscosa, parecido um xarope.5. Xarope de equináceaA equinácea é uma planta muito utilizada para tratar os sintomas de gripes e resfriados, como nariz entupido e tosse seca.Ingredientes250 mL de água;1 colher (de sopa) de raiz ou folhas de equinácea;1 colher (de sopa) de mel.Modo de preparoColocar a raiz ou folhas de equinácea na água e deixar no fogo até ferver. Depois disso, é preciso deixar descansando por 30 minutos, coar e acrescentar o mel até ficar com aspecto de xarope. Tomar duas vezes por dia, de manhã e a noite. Saiba mais outras formas de usar equinácea.Quem não deve tomarComo estes xaropes são preparados à base de mel, não devem ser administrados a crianças com menos de 1 ano de idade, devido ao risco de botulismo, que é um tipo de infecção grave. Além disso, também não devem ser usados por diabéticos


Resultado Final 



O uso prescrito de medicamentos contra a disfunção erétil reativa a vida sexual de homens impotentes e recupera a autoestima. O uso inadequado desses comprimidos, comprados na farmácia sem receita médica, pode fazer mal a saúde, alertam urologistas e outros especialistas. Foi para sentir-se seguro que Willian, como prefere ser chamado, passou a usar aos 26 anos o Viagra. “Na época eu estava falhando mesmo. O negócio estava feio. O negócio estava ficando sem graça para o meu lado, vergonhoso Estava com completo desinteresse.” Hoje, aos 39, diz já ter usado vários tipos de medicamento em doses diferentes. Ele conta que, para melhorar a autoestima, costuma tomar o medicamento quando sai com uma nova parceira. Sem modéstia, Willian diz que, assim, dá “um espetáculo”. Para o especialista Paulo Aguiar, do Conselho Federal de Psicologia, esse tipo de comportamento é  “um grande sintoma da sociedade”. “Isso  preenche vazios e inseguranças do sujeito”, analisou. Aguiar ressalta que o uso indevido de remédios contra impotência expõe homens clinicamente saudáveis à dependência psicológica e reafirma padrões sociais nem sempre positivos, em que prepondera a virilidade masculina. Uso recreativo Alex Sandro Baiense, do Conselho Federal de Farmácia, aponta que o caso de Willian é generalizável. “Há um abuso do uso desse tipo de medicamento de pessoas que não tem quadro clínico que justifique o uso desse medicamento. Fica mais no campo do uso recreativo, da questão performática para causar impressão”. Ele lembra que a orientação aos farmacêuticos é de que “qualquer medicamento esteja com a indicação adequada”. “Nenhuma medicação pode ser usada de forma aleatória, simplesmente alguém chegar à farmácia e comprar. Medicina não funciona assim. Medicina funciona quando há consulta médica, tem que ter uma orientação”, aconselha o urologista Carlos da Ros. “A gente tem um universo pequeno de pessoas que têm contraindicação absoluta de usar esse tipo de medicação, mas há um universo grande de sintomas e sinais que podem ocorrer com o uso da medicação. Quando o paciente não é alertado disso, ele acaba se surpreendendo com o efeito colateral”, acrescenta o urologista Osei Akoamoa Jr. Lucio Flavio Gonzaga Silva, cirurgião urologista, também condena o uso desnecessário e a falta de consulta ao médico. “Algumas situações contraindicam o uso desses medicamentos. Se você toma sem avaliação médica prévia, você pode estar em uma dessas situações de contraindicação e pode correr riscos graves. Nunca recomendamos o uso recreativo dessas substâncias”, completou. O antropólogo Rogerio Lopes Azize, professor adjunto do Instituto de Medicina Social (Uerj), avalia que o consumo indevido de medicamentos para a disfunção erétil é sinal dos tempos. “Vivemos no ocidente contemporâneo em uma sociedade do desempenho, no qual nos vemos como um sujeito-empresa, cuja performance deve ser gerida e aprimorada. Isso atravessa e constrói a nossa subjetividade, influencia nossa relação com drogas em termos gerais, legais e ilegais”. Edição: Carolina Pimentel impotência sexual urologistas uso recreativo Share on WhatsApp Share on Facebook Share on Twitter Share on Linkedin Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação. Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.






Estimulante masculina
 

Erva que agem como Viagra
 

Tadalafila ou sildenafila 

Impotência sexual 
                                                                         
Postagem Anterior Próxima Postagem