qual é Melhor Tadalafila ou Sildenafila?

  


imagem ilustrativa de Tadalafila e  Sildenafila?





O que é Tadalafila e Sildenafila?



1. Tadalafila

Tadalafila é indicada para o tratamento da disfunção erétil. Como este medicamento funciona? Definição de disfunção erétilQuando existe um estímulo sexual, o pênis se enche de sangue e o homem tem uma ereção. Se o homem tiver disfunção erétil , o pênis não se enche de sangue de forma adequada e a ereção não é suficiente para ocorrer uma relação sexual. , também chamada de impotência sexual, pode ter diversas causas. É importante consultar um médico para descobrir a natureza desse problema.A Tadalafila pode ajudar o homem com a obter e manter uma ereção quando estiver sexualmente excitado. Ação do medicamento A Tadalafila é um medicamento para o tratamento da dificuldade de obtenção e/ou manutenção da ereção do pênis (disfunção erétil - ). Quando um homem é sexualmente estimulado, a resposta física normal do seu corpo é o aumento do fluxo sanguíneo no pênis. Isso resulta em uma ereção.

2. Sildenafila

A Sildenafila ajuda a aumentar o fluxo de sangue no pênis e pode auxiliar homens com a obter e manter uma ereção satisfatória para a atividade sexual. Uma vez completa a atividade sexual, o fluxo sanguíneo do pênis diminui e a ereção termina. Para a Sildenafila funcionar, é necessária uma excitação sexual. O homem não terá uma ereção apenas por tomar um comprimido de Sildenafila, sem a estimulação sexual.A Tadalafila age, em média, a partir de 30 minutos, podendo ter ação por até 36 horas. Contraindicação Sildenafila Sildenafila não é indicada para homens que não apresentam disfunção erétil.Este medicamento não deve ser usado por pacientes alérgicos à Sildenafila ou a qualquer um dos componentes do comprimido. A Sildenafila não deve ser administrada a pacientes que estejam utilizando medicamentos contendo nitratos, tais como propatilnitrato e dinitrato Não há recomendações e advertências especiais quanto ao uso da Sildenafila por idosos. Como usar Sildenafila Este medicamento deve ser administrado somente por via oral e ingerido inteiro, podendo ser tomado independente das refeições.



Visite o poste




Para que Serve Tadalafila e Sildenafila?






1. Tadalafila

Definição de disfunção erétil Quando existe um estímulo sexual, o pênis se enche de sangue e o homem tem uma ereção. Se o homem tiver disfunção erétil (DE), o pênis não se enche de sangue de forma adequada e a ereção não é suficiente para ocorrer uma relação sexual. A DE, também chamada de impotência sexual, pode ter diversas causas. É importante consultar um médico para descobrir a natureza desse problema. A Tadalafila pode ajudar o homem com DE a obter e manter uma ereção quando estiver sexualmente excitado. Ação do medicamento A Tadalafila é um medicamento para o tratamento da dificuldade de obtenção e/ou manutenção da ereção do pênis (disfunção erétil - DE). Quando um homem é sexualmente estimulado, a resposta física normal do seu corpo é o aumento do fluxo sanguíneo no pênis. Isso resulta em uma ereção. A Tadalafila ajuda a aumentar o fluxo de sangue no pênis e pode auxiliar homens com DE a obter e manter uma ereção satisfatória para a atividade sexual. Uma vez completa a atividade sexual, o fluxo sanguíneo do pênis diminui e a ereção termina. Para a Tadalafila funcionar, é necessária uma excitação sexual. O homem não terá uma ereção apenas por tomar um comprimido de Tadalafila, sem a estimulação sexual. A Tadalafila age, em média, a partir de 30 minutos, podendo ter ação por até 36 horas. Quais as contraindicações do Tadalafila 20mg? A Tadalafila não é indicada para homens que não apresentam disfunção erétil. Este medicamento não deve ser usado por pacientes alérgicos à Tadalafila ou a qualquer um dos componentes do comprimido. A Tadalafila não deve ser administrada a pacientes que estejam utilizando medicamentos contendo nitratos, tais como propatilnitrato 



2. Sildenafila


O Sildenafila nada mais é do que um medicamento que promove a dilatação dos vasos sanguíneos, cujo princípio ativo foi usado, a priori, no tratamento de algumas afecções cardiovasculares. Com o passar do tempo e a devida observação, médicos, pesquisadores e pacientes foram percebendo que havia um efeito secundário interessante para a disfunção erétil. No pênis, a sildenafila, que é a substância que compõe a medicação, promove o relaxamento da musculatura dos corpos cavernosos e a dilatação das artérias, facilitando a entrada de sangue e resultando em uma ereção. Vale ressaltar que, para que isso ocorra com mais eficiência, o estímulo sexual é necessário.Quem deve tomar o Sildenafila Não é novidade para ninguém que, nos dias de hoje, boa parte dos homens faz uso indevido do Sildenafila, mesmo em idades muito novas ou sem que sofram de nenhum problema de ordem sexual. Embora o medicamento ofereça um excelente perfil de segurança, não é recomendável fazer a sua utilização sem a prescrição de um médico. A elevação do fluxo sanguíneo no pênis, por exemplo, que ocorre com a atividade sexual, pode aumentar a sobrecarga no coração, o que pode contraindicar o remédio para alguns pacientes cardiopatas. O mesmo vale para quem tem alergia a algum componente da fórmula, além de outros casos que merecem avaliação.Quais os efeitos colaterais do Sildenafila




Quais são os efeitos colaterais Tadalafila e Sildenafila ?




1. Tadalafila

Os efeitos colaterais do Tadalafila são muito variáveis e, em linhas gerais, dependem das individualidades do paciente e da dosagem utilizada. No entanto, alguns deles são um pouco mais recorrentes e relevantes, como você pode conferir a seguir.Dor de cabeça Um dos efeitos colaterais mais comuns do viagra é a dor de cabeça, que pode ocorrer em cerca de 10% dos usuários. No entanto, em linhas gerais, ela não costuma ser de grande intensidade e passa rapidamente, com a cessão da utilização ou o uso de algum analgésico comum. Cianopsia Você pode nunca ter ouvido falar sobre a cianopsia, mas esse é um dos efeitos colaterais mais curiosos do Tadalafila e, por incrível que pareça, não é tão raro, podendo acometer entre 1 a 10% dos usuários. Trata-se de enxergar tudo na cor azul, um sintoma que desaparece conforme o organismo vai eliminando o remédio naturalmente. Priapismo O priapismo é uma condição bastante rara em quem usa Tadalafila, mas é mais recorrente em pacientes em idades mais novas, que não necessitam, efetivamente, da medicação. Essa condição envolve uma ereção dolorosa que pode durar muito tempo, chegando a superar as 4 horas. Se isso acontecer, é preciso procurar um médico com urgência.Depois de conhecer como tomar Tadalafila e seus efeitos colaterais, você já sabe que essa é uma medicação altamente eficiente e segura, mas que precisa ser utilizada apenas nas condições adequadas


1. Sildenafila


A associação com outras substâncias pode ser muito perigosa. Alguns tipos de álcool inibem a ação do medicamento, enquanto algumas drogas, principalmente a cocaína, potencializam o efeito e causam uma dilatação grande nas artérias do coração
Problemas psíquicos que causam disfunção erétil podem acometer homens de qualquer idade. E os problemas físicos, ainda que atinjam mais comumente os pacientes com idade mais avançada, podem acontecer em homens jovens também. Um paciente de 30 anos pode ter diabetes desde os 20, por exemplo”.Nem todo homem pode tomar Nenhuma mudança relevante tende a acontecer na ereção em caso de ingestão de uma dosagem mais baixa”.Pode causar efeitos colaterais temporários .Contudo muitos homens que não precisam do medicamento acabam tomando para prolongar a ereção e ter um desempenho sexual melhor, o que pode trazer alguns riscos.Já que se trata de um medicamento envolto em tantos tabus e crenças erradas, a Pouca Vergonha conversou com o urologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia Danilo Galante, e lista alguns mitos e verdades sobre o uso O Sildenafila pode causar vício 

Quais são os ingredientes do Tadalafila e Sildenafila ?




1. Tadalafila

Um estudo foi realizado para avaliar o nível de interação entre nitratos e a Tadalafila (substância ativa). O objetivo do estudo foi determinar em qual o período, após a administração de Tadalafila (substância ativa), não iria ocorrer uma interação aparente na pressão arterial. Os pacientes envolvidos no estudo (incluindo pacientes diabéticos e/ou hipertensos com a pressão arterial controlada) receberam diariamente doses de 20 mg de Tadalafila (substância ativa) ou placebo durante 7 dias quando, então, receberam uma única dose de 0,4 mg de nitroglicerina sublingual em períodos pré-determinados após a última administração de Tadalafila (substância ativa). O resultado deste estudo demonstrou que não foi detectada interação após 48 horas da última administração de Tadalafila (substância ativa). A administração concomitante de Tadalafila (substância ativa) com nitratos é contraindicada. Quando a administração de nitratos for extremamente necessária em pacientes que tomaram Tadalafila (substância ativa), deve ser considerado o intervalo de pelo menos 48 horas após a última administração de Tadalafila (substância ativa) para administrar nitratos. Nestas circunstâncias, a administração de nitratos deve ser realizada sob estreita supervisão médica com um monitoramento adequado das funções hemodinâmicas.A tadalafila administrada na dose de 2,5 mg, 5 mg e 10 mg, uma vez ao dia, foi avaliada em 3 estudos clínicos envolvendo 853 pacientes de várias faixas etárias (de 21 a 82 anos) e etnias, com vários graus de etiologia e de gravidade de disfunção erétil (leve, moderado e grave). Nos dois principais estudos de eficácia na população geral, 76 e 85% dos pacientes relataram que a tadalafila administrada uma vez ao dia melhorou a ereção, comparado a 29 e 30% dos pacientes do grupo placebo. Além disso, os pacientes de todas as categorias de gravidade de disfunção erétil relataram melhora na ereção, enquanto tomavam tadalafila uma vez ao dia. Nos estudos principais de eficácia 62 e 69% da população estudada tratada com tadalafila 5 mg obtiveram sucesso nas tentativas de ter relação sexual, comparado a 34 e 39% do grupo placebo. A dose de 5 mg de tadalafila melhora significativamente a função erétil por um período superior a 24 horas entre as doses.



2. Sildenafila

A coadministração de Citrato de Sildenafila (substância ativa) (100 mg em dose única) e ritonavir (um inibidor da protease HIV), que também é um potente inibidor do citocromo P450, no estado de equilíbrio (500 mg, 2 vezes por dia), resultou em um aumento de 300% (4 vezes) na Cmáx na Citrato de Sildenafila (substância ativa) e de 1000% (11 vezes) na AUC plasmática da Citrato de Sildenafila (substância ativa). Após 24 horas, os níveis de Citrato de Sildenafila (substância ativa) no plasma ainda eram de aproximadamente 200 ng/mL, comparados a aproximadamente 5 ng/mL quando a Citrato de Sildenafila (substância ativa) foi administrada sozinha. Este dado é consistente com os efeitos marcantes do ritonavir em um espectro variado de substratos do citocromo P450. A Citrato de Sildenafila (substância ativa) não apresentou qualquer efeito sobre a farmacocinética do ritonavir.

A administração concomitante do inibidor de protease de HIV, ritonavir, que é um inibidor altamente potente da CYP3A4, no estado de equilíbrio (500 mg, 2 vezes ao dia) com a sildenafila (100 mg, dose única) resultou em um aumento de 300% (4 vezes) na Cmáx e de 1.000% (11 vezes) na AUC plasmática da sildenafila. Em 24 horas, os níveis plasmáticos da sildenafila ainda eram de aproximadamente 200 ng/mL, em comparação a aproximadamente 5 ng/mL quando a sildenafila foi administrada isoladamente. Isto é compatível com os efeitos acentuados do ritonavir em um amplo espectro de substratos do citocromo P450. Com base nestes resultados farmacocinéticos, a coadministração da sildenafila com o ritonavir não é recomendada. a Sildenafila age restaurando a função erétil, resultando em uma resposta natural à estimulação sexual. O mecanismo fisiológico responsável pela ereção do pênis envolve a liberação de óxido nítrico nos corpos cavernosos durante a estimulação sexual. O óxido nítrico ativa a enzima guanilatociclase, que por sua vez induz um aumento dos níveis de monofosfato de guanosina cíclico (GMPc), produzindo um relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos, permitindo o influxo de sangue. O GMPc é degradado pela atuação da fosfodiesterase-5 (PDE-5). Quando a via óxido nítrico/GMPc é ativada, como ocorre com a estimulação sexual, a Sildenafila inibe a PDE-5 resultando em um aumento dos níveis de GMP-c nos corpos cavernosos e consequente influxo de sangue no pênis. Portanto, a estimulação sexual é necessária para que a Sildenafila possa produzir a ereção. A Sildenafila começa a agir em 30 minutos e sua ação dura aproximadamente 4 horas.



visite o nosso artigos




Quais cuidados de Tomar com Tadalafila e Sildenafila ?



1. Tadalafila

A Tadalafila deve ser administrada com cuidado àqueles pacientes que apresentem um dos seguintes problemas de saúde Problemas do coração, tais como angina (dor no peito), insuficiência cardíaca, batimentos cardíacos irregulares ou que tenham tido ataque cardíaco, pressão baixa ou pressão alta não controlada, derrame, problemas de fígado, problemas com os rins ou que necessitem de diálise, úlceras no estômago, problemas de sangramento, deformação do pênis ou doença de Peyronie, condições que predispõem ao priapismo (ereção com mais de quatro horas), tais como anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia. Lembrando também que a atividade sexual pode ser desaconselhada em pacientes com doenças cardíacas graves, assim como os exercícios físicos em geral. O médico sempre deverá ser informado sobre os problemas cardíacos do paciente com disfunção erétil (disfunção erétil ) e, então, ele decidirá qual é o tratamento mais adequado


2. Sildenafila

bastante cuidado ao utilizar o medicamento de forma exagerada pode causar enjoo , dor de cabeça , azia , agitação (inquietação) , vômito e tremores . São efeitos da mudança de dosagem do medicamento . A questão a ser minuciosamente pensada entre você e seu médico, é se de fato vale a pena usar uma medicação antidepressiva de impacto relativamente alto na função sexual em um paciente que está desconfortável com sua função sexual - inferência minha pelo uso do viagra. Dentre os antidepressivos receptadores seletivos de serotonina, um dos que tem maior impacto sexual é a paroxítona. Outros semelhantes, tem impacto menor



Quem não deve utilizar Tadalafila e Sildenafila ?





1. Tadalafila

Cardiovascular e cerebrovascular: eventos cardiovasculares graves, incluindo infarto do miocárdio, morte súbita cardíaca, acidente vascular cerebral (derrame cerebral), dor no peito, palpitações e taquicardia (batimento cardíaco acelerado) foram relatados na fase pós-comercialização e foi possível estabelecer associação temporal com o uso de tadalafila. A maioria dos pacientes que relatou esses eventos tinha fatores de risco cardiovascular preexistentes. Entretanto, não se pode determinar definitivamente se esses eventos são relacionados diretamente a esses fatores de risco, à tadalafila, à atividade sexual ou à combinação destes e outros fatores.

Audição: na pós-comercialização foram relatados casos de diminuição ou perda repentina da audição em associação temporal com o uso de inibidores PDE5, incluindo tadalafila. Em alguns casos, foram relatadas condições médicas e outros fatores que podem igualmente ter causado eventos adversos auditivos. Em muitos casos, a informação no acompanhamento médico foi limitada. Não é possível determinar se estes eventos estão relacionados diretamente ao uso de tadalafila, a fatores de risco subjacentes do paciente para a perda de audição, uma combinação destes fatores ou a outros fatores.

2. Sildenafila

Informe ao seu médico, uurologista - ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso de Sildenafila. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.  Superdosagem de Sildenafila Doses únicas de até 500 mg de Sildenafila foram administradas a indivíduos sadios e, doses múltiplas diárias de até 100 mg de Sildenafila, a pacientes. Os eventos adversos foram similares àqueles observados com doses menores. Em casos de superdose, medidas de suporte padrão devem ser adotadas conforme necessário. Hemodiálise contribui de modo não significativo para a eliminação da Sildenafila. Em caso de uso de grande quantidade de Sildenafila, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula de Sildenafila, se possível



como devo utilizar Tadalafila e Sildenafila ?


1. Tadalafila

A administração de Tadalafila uma vez ao dia não foi extensivamente avaliada em pacientes com insuficiência hepática. Se este medicamen0to for prescrito, o médico prescritor deverá avaliar cuidadosamente a relação risco-benefício individualmente. Foram relatados raros casos de perda de visão em homens tomando medicamentos para a disfunção erétil, incluindo a Tadalafila. Este tipo de perda de visão é chamado de neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica (interrupção do fluxo sanguíneo para o nervo óptico). Um aumento no risco de neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica aguda foi sugerido a partir da análise de dados observacionais em homens com disfunção erétil , dentro de 1 a 4 dias do episódio de uso do inibidor da disfunção erétil . Pessoas que tenham diabetes, pressão alta, aumento da taxa de colesterol, doença cardíaca e fumantes possuem um risco mais alto de ter esta doença ocular. Caso você tenha alteração na visão durante o tratamento com a Tadalafila, pare de tomar o medicamento e procure seu médico. Os médicos devem recomendar aos pacientes que interrompam o uso de inibidores da disfunção erétil , incluindo Tadalafila, bem como a procurar uma orientação especializada em casos de diminuição ou perda repentina de audição. Estes eventos, que podem estar acompanhados de zumbido e vertigem, foram relatados em associação temporal à introdução de inibidores da disfunção erétil , incluindo Tadalafila. 


2. Sildenafila


Como usar Sildenafila Este medicamento deve ser administrado somente por via oral e ingerido inteiro, podendo ser tomado independente das refeições.Posologia A dose máxima recomendada de Sildenafila é 20 mg, tomada antes da relação sexual. A frequência máxima de dose recomendada é uma vez ao dia.A tadalafila provou ser eficaz a partir de 30 minutos após sua administração, por até 36 horas.Pacientes podem iniciar a atividade sexual em tempos variáveis em relação à administração, de maneira a determinar seu próprio intervalo ótimo de resposta.A duração do tratamento deve ocorrer a critério médico.Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?A dose máxima diária recomendada da tadalafila é 20 mg, tomada antes da relação sexual e independente das refeições. Portanto, seu uso é sob demanda. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.


como cortar o efeito ?


Chama atenção tomar pondera e ao mesmo tempo . Isso porque o pondera tem como efeito colateral comum a redução de libido (desejo sexual) e também retardo da ejaculação. Já o viagra tem por objetivo promover a ereção peniana mais eficaz para o ato sexual, tratando assim a disfunção erétil - este um terceiro fenômeno sexual, possível mas menos comum que os outros dois que citei (redução de libido e retardo ejaculatório). A questão a ser minuciosamente pensada entre você e seu médico, é se de fato vale a pena usar uma medicação antidepressiva de impacto relativamente alto na função sexual em um paciente que está desconfortável com sua função sexual 
Postagem Anterior Próxima Postagem